Branding Pessoal – Crie seu rastro na internet e fortaleça sua marca pessoal

Estava eu, linda-maravilhosa, em uma reunião com uma parceira de trabalho, quando ela pede meu email. Falei: vou te passar meus contatos mas é fácil anapaulapedras@gmail.com – tudo meu é anapaulapedras, ninguém tem dificuldade de me achar. E ela perguntou surpresa: como você consegue? Foi aí que eu pensei em algo que eu sempre fiz sem muito planejamento mas que deu certo! Sempre usei o mesmo nome em todas as redes sociais!

Comecei no mundo digital quando isso tudo aqui ainda era mato (piada dos dinossauros da internet, não precisa rir, é sem graça) e desde sempre eu tentava achar nomes engraçadinhos pros meus perfis… eu tinha 14 anos, me dêem um desconto, vai? Era anas_page, aninhas_page, blog da aninha.

Pela minha ausência de fofura os diminutivos e apelidinhos nunca funcionaram pra mim e fui obrigada a usar meu nome grande, sério e nada charmoso pra uma adolescente na internet: Ana Paula Pedras. E hoje eu olho pra trás e só consigo pensar numa coisa: OBRIGADA, UNIVERSO!

Graças a essa falta de fofura meus nomes em todas as redes sociais começaram a ser o mesmo: anapaulapedras. Em fóruns, jogos online, emails, perfis… tudo com o mesmo nome.

Comecei a ficar obcecada em ter o mesmo nome em tudo e cada rede social nova que surgia eu ia lá e registrava meu nome. Foi assim que consegui meu twitter, email, tudo igual.

E sabe o maravilhoso disso? É fácil me encontrar! Clientes me acham em quase todas as redes sociais só procurando meu nome. É o mesmo em todos os lugares. Não tem variações. Enquanto você foca para seu site aparecer na primeira página do google, existem mil formas de entrar em contato com você e saber mais sobre o seu trabalho. Não perca as oportunidades aparecendo de um jeito diferente em cada rede social que participa. Crie seu rastro na internet e fortaleça seu nome.

Pra quem usa cada hora um sobrenome ou tem muitos homônimos por aí, é legal pensar em um jeito único de se cadastrar em tudo, assim fica fácil te encontrar e saber que é você por trás do twitter @anapppaulappppedras1548. Pode abreviar, pode usar iniciais, pode usar sobrenome e apelido. O importante é facilitar a vida. Facilitar a identificação. Se uma seguidora do Instagram me vê no twitter, sabe que sou eu. E assim vai…

Quer me achar nas redes sociais?

E aí? Já unificou seu username hoje?

O carnaval de rua foi das mulheres

Eu fiz esse post sobre experimentar no carnaval focando na descoberta do próprio estilo, experimentar novidades, testar novas ideias…

Mal sabia eu que as novidades viriam dos próprios corpos expostos. E que a liberdade seria algo transformador na vida de tantas mulheres maravilhosas e purpurinadas que pulavam pelas ruas.

Eu vi magras, gordas, malhadas, altas, baixas, novas, velhas, negras, brancas e morenas mulheres enfeitadas pelas ruas. Vi corpos à mostra, vi aceitação, vi alegria. Vi corpos reais se divertindo, vivendo, pulando. Vi gente de todo tipo se sentindo livre.

Vi gente se inspirando na semi-nudez alheia pra se sentir mais confortável com o próprio corpo. Vi gente se aceitando. Vi corpos se encostando sem malícia e vi nudez sendo tratada sem desejo. Vi paqueras e beijos calientes. Mulheres seguras e sorridentes. Vi milhares mas meus olhos só viam elas: as mulheres.

Cada corpo vivo se divertindo era um atestado que somos todas incríveis. Cada diferença que eu via me deixava mais à vontade com as minhas próprias diferenças. Não tinha ninguém igual. E ao mesmo tempo tava todo mundo parecido. A liberdade da rua foi pro corpo. E que lindo isso foi.

Esse nosso carnaval de rua foi um retrato de mulher. Foi forte. Foi Vivo. Foi maravilhoso. Com todos os defeitos, foi mágico. Foi um carnaval feminino.

E vai ser cada dia mais. Vai ter mais mulher de bem com o corpo. Vai ter mais mulher usando o que quiser. Vai ter mais mulher se respeitando e vai ter mais mulher na rua.

Obrigada, carnaval. Obrigada.