Branding Pessoal – Crie seu rastro na internet e fortaleça sua marca pessoal

Estava eu, linda-maravilhosa, em uma reunião com uma parceira de trabalho, quando ela pede meu email. Falei: vou te passar meus contatos mas é fácil anapaulapedras@gmail.com – tudo meu é anapaulapedras, ninguém tem dificuldade de me achar. E ela perguntou surpresa: como você consegue? Foi aí que eu pensei em algo que eu sempre fiz sem muito planejamento mas que deu certo! Sempre usei o mesmo nome em todas as redes sociais!

Comecei no mundo digital quando isso tudo aqui ainda era mato (piada dos dinossauros da internet, não precisa rir, é sem graça) e desde sempre eu tentava achar nomes engraçadinhos pros meus perfis… eu tinha 14 anos, me dêem um desconto, vai? Era anas_page, aninhas_page, blog da aninha.

Pela minha ausência de fofura os diminutivos e apelidinhos nunca funcionaram pra mim e fui obrigada a usar meu nome grande, sério e nada charmoso pra uma adolescente na internet: Ana Paula Pedras. E hoje eu olho pra trás e só consigo pensar numa coisa: OBRIGADA, UNIVERSO!

Graças a essa falta de fofura meus nomes em todas as redes sociais começaram a ser o mesmo: anapaulapedras. Em fóruns, jogos online, emails, perfis… tudo com o mesmo nome.

Comecei a ficar obcecada em ter o mesmo nome em tudo e cada rede social nova que surgia eu ia lá e registrava meu nome. Foi assim que consegui meu twitter, email, tudo igual.

E sabe o maravilhoso disso? É fácil me encontrar! Clientes me acham em quase todas as redes sociais só procurando meu nome. É o mesmo em todos os lugares. Não tem variações. Enquanto você foca para seu site aparecer na primeira página do google, existem mil formas de entrar em contato com você e saber mais sobre o seu trabalho. Não perca as oportunidades aparecendo de um jeito diferente em cada rede social que participa. Crie seu rastro na internet e fortaleça seu nome.

Pra quem usa cada hora um sobrenome ou tem muitos homônimos por aí, é legal pensar em um jeito único de se cadastrar em tudo, assim fica fácil te encontrar e saber que é você por trás do twitter @anapppaulappppedras1548. Pode abreviar, pode usar iniciais, pode usar sobrenome e apelido. O importante é facilitar a vida. Facilitar a identificação. Se uma seguidora do Instagram me vê no twitter, sabe que sou eu. E assim vai…

Quer me achar nas redes sociais?

E aí? Já unificou seu username hoje?

Moda Para Homens: Como Guardar, Lavar e Passar o Terno!

Paletó e blazer são duas peças do guarda roupa masculino que pedem alguns cuidados especiais na hora de lavar e guardar.Na Consultoria de Imagem para empresas o tema sempre surge e todo mundo fica em dúvida do que pode e não pode fazer com o paletó.
Para ajudar, aqui vai um pequeno guia com dicas de cuidados com as peças pra que elas durem e fiquem novas por muito mais tempo.
 
Quem ensina o que fazer para conservar as peças sempre novinhas é o Alaor Chiodin da Lavanderia Wash, especializada em roupas finas.

Limpar

Nem blazer nem paletó devem ser lavados em máquina de lavar. Ambos devem ser limpos a seco. São peças normalmente confeccionadas em tecidos mais nobres e o que faz toda a diferença é o caimento. Também tem a questão da entretela que dá forma à lapela das peças. Normalmente, ela é colada ao tecido e a água pode promover o descolamento. Bolsos, mangas e colarinho requerem limpeza manual – geralmente acumulam bastante sujeira.
– Paletós e blazers jamais devem ser guardados sujos. Se estão com respingos de alimentos ou bebidas, é importante não tentar removê-los em casa, pois há risco de promover manchas ainda mais sérias e, muitas vezes, irremovíveis.
– Uma escova macia e seca pode ser utilizada para remover a poeira superficial que, muitas vezes, se acumula sobre o tecido.
– Após a limpeza a seco, o ideal é que o blazer e o paletó sequem em estufa, devidamente pendurados em cabides anatômicos. Na secadora, além do risco de desestruturar as peças, também existe a possibilidade de encolhimento.

Passar

 
– Nada de perder um blazer ou paletó com aquelas manchas brilhosas na hora de passar as roupas. Isso ocorre quando há a queimadura da costura pelo uso do ferro de passar em temperatura muito quente. É um dano irreversível ao tecido. Por isso, é preciso passar a peça na temperatura adequada e com protetores especiais, que evitam sua queimadura.
– O mesmo cuidado vale para a entretela Se ela receber um calor muito intenso, se descola e forma bolhas, que só poderão ser removidas se for trocada. Todo cuidado é pouco.

Conservar

 
Reveze o uso dos ternos, procurando não usá-los em dias seguidos. No dia em que não os utilizar, deixe-os pendurados fora do armário, para que ventilem. O mesmo vale para os blazers.
– Guarde os paletós e blazers com uma capa de TNT. Isso evita que a poeira se acumule sobre eles. O saco plástico que os reveste ajuda, apenas, no transporte da lavanderia para casa, mas deve ser logo removido. O plástico impede que o tecido “respire”.
 – Paletós e blazers devem ser pendurados em  cabides largos, anatômicos, para que não deformem. Se forem colocados em cabides finos, como das calças, poderá se formar um “bico” nos ombros. Dependendo do tempo que permanecer no cabide, esta marca só sai se a peça for lavada e passada novamente.
– Há closets iluminados e sem porta. E muitas pessoas, após se vestirem, se esquecem de apagar as luzes. A luz, caso incida por muito tempo sobre as peças, pode descorar especialmente os paletós de inverno ou de couro. Ela ‘queima’ o tecido. E não há como recuperar a cor numa simples lavagem.
Prontinho! Agora é só seguir as dicas e manter o blazer e o paletó novinhos e limpos por mais tempo!

Imagem Profissional em Ambiente Informal de Trabalho

Nosso ritmo de vida atual tem caminhado cada vez mais para a informalidade no ambiente de trabalho. Se antigamente sair para trabalhar era sinônimo de terno e gravata, camisa social e tailleur combinandinho, hoje em dia a história é bem diferente! Temos cada vez mais empresas com ambiente descontraído e chefes liberais. E isso acaba refletindo no dresscode de trabalho: cada vez mais informal.

Só que essa liberdade e informalidade toda pode ser um tiro no pé e acabar depondo contra sua imagem profissional. Tem que tomar cuidado pra não parecer que você está indo tomar um sorvete no parque, sabe?

É informal, tem mesa de sinuca na sala de reunião e cerveja na copa da firma mas ainda é firma. Ainda é trabalho! Então por mais que você use suas roupas mara garimpadas na net ou as brusinha de R$10 garimpadas no centrão, é bom prestar atenção nos formalizadores de look.

São esses elementinhos básicos que vão garantir uma imagem profissional, mesmo que informal! Ó eles aqui:

Adicionando essas peças à produção fica mais fácil alcançar uma imagem de confiança e mais profissional sem fugir do seu estilo próprio!